Pela citada lei, enquanto não sobrevier ato normativo do Chefe do Executivo, este limite é de 6 salários mínimos, atualmente R$ 3.060,00. O valor máximo de tal limite é 10 vezes o salário mínimo, ou seja, R$ 5.100,00 em valores atuais.