Tribunal de Contas do Estado da Paraíba
Página Inicial > Notícias > Em palestra no TCE especialista defende métodos consensuais para solucionar conflitos no Setor Público

Notícias

Em palestra no TCE especialista defende métodos consensuais para solucionar conflitos no Setor Público

                                            

Solucionar os conflitos sem precisar de métodos que não sejam a comunicação entre as pessoas que mantém relação continuada na busca de interesses objetivos e subjetivos, assim como acontece na mediação, é o que sugerimos para o setor público. O pensamento é da professora Dulce Nascimento, mestre em Direito e especialista em Mediação, durante palestra, na manhã desta sexta-feira (16), na sede do Tribunal de Contas do Estado, onde defendeu a transformação dos hábitos, em busca de meios consensuais para a solução dos conflitos na área pública. 

A Exposição, que teve como tema “Novos caminhos para a Solução de Conflitos no Setor Público”, aconteceu no Plenário João Agripino Filho, e reuniu os servidores da Corte, que participaram dos debates após a palestra, sob a mediação do advogado Carlos Pessoa de Aquino, Secretário Geral da Ecosil – Escola de Contas Otacílio Silveira. O coordenador da Escola, conselheiro Fernando Rodrigues Catão, abriu o evento e falou sobre a necessidade de o controle externo aprofundar as discussões a respeito dos conflitos do setor público, adotando meios consensuais para as soluções.

A idéia, segundo a professora, é buscar novos caminhos que possam solucionar os conflitos no setor público. “Precisamos sair da zona de conforto, mudando a forma de pensar, priorizando o diálogo, de forma que a autonomia de vontade seja valorizada em todos os lados, identificando objetivos que busquem a eficiência e a eficácia”, observou ela. Para isso, adiantou, é necessária a participação de um terceiro, que vai trabalhar uma solução que beneficie todos os envolvidos.

Dulce Nascimento enfatizou a importância desse processo no âmbito da administração pública, inclusive como estratégia de desenvolvimento. “O mediador é um técnico especializado na prevenção, gestão e resolução de conflitos, sem poder decisório, com formação específica, que escolhido ou aceito pelos intervenientes por meio de procedimentos próprios, os auxilia a entender o conflito, bem como os estimula, para em conjunto, após identificar os interesses e necessidades, construírem possibilidades de solução consensual para resolver a situação”, frisou ela.

No Brasil já existe disposição legal, cujo objetivo é estabelecer o uso de métodos de resolução de conflitos no âmbito do sistema de Justiça, dos entes privados e também para resolver situações que tenham como parte a administração pública. Como se observa, a Mediação no Setor Público, segundo a professora, já tem indicação no Código de Processo Civil, que destaca a possibilidade de regulamentação nos órgãos institucionais. Nesse sentido, entende a palestrante que há espaço para que sejam adotadas câmaras de mediação dos conflitos e esferas que não seja no Judiciário, como já acontece.

 

 Ascom TCE -16 08 2019

Genésio Souza neto

Tribunal de Contas do Estado da Paraíba

Rua Professor Geraldo Von Sohsten, 147 - Jaguaribe,

João Pessoa/PB - CEP: 58.015-190

Telefone:(83) 3208.3300 - Telefax:(83) 3208.3364

Horário de expediente: de segunda à sexta-feira das 07h às 17h e sextas de 7h às 13h

Público externo: de segunda à sexta de 7h às 13h

Veja a Localização no Google Maps